Arquivo da categoria: Cotidiano

“Maria Altamira”, meu novo romance

Acabo de colocar o ponto final no romance “Maria Altamira” no qual comecei a trabalhar desde 2016/2017. Começa com o soterramento de uma cidadezinha nos Andes peruanos e termina no sudeste do Pará, na cidade de Altamira, onde foi construída … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 1 Comentário

Sexta de crônica: O novo todo o velho contagia

Hoje, 22 de dezembro de 2018, nasceu o primeiro filho da minha filha caçula, Galiana. Meu quarto neto. A vida tem dessas maravilhas. Quando Gali nos deu a notícia de que ele estava a caminho, Felipe, o avô, depois de … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Adeus, querida biblioteca!

Nesta fase da nossa vida – e por razões que não interessam aqui – Felipe e eu estamos vendendo nosso apartamento para mudar para um apartamento bem menor. Aqui vivemos 23 anos, nosso recorde de morar em um lugar. Mas … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Marcado com , , , , | 6 Comentários

O “Fantasma de Buñuel” retornou agora também em edição impressa

Tem uma coisa curiosa com os livros: seu ciclo de vida. Que é bem mais curto do que nós, autores, gostaríamos. A criação incessante de novidades com as quais o mercado editorial se alimenta tem um lado triste. Natural, eu … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Dois HQs de respeito

Parece que 2013 foi um ótimo ano para os quadrinhos, e ganhei dois. De muito respeito. “Eu, Fernando Pessoa”, com roteiro da Susana Ventura e desenhos do Guazzelli, E “Vitória Valentina”, com roteiro e desenhos da Elvira Vigna. “Eu, Fernando … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 2 Comentários

Work in progress

“Não muito longe dali, sentada nas grossas raízes expostas da grande castanheira de vasta copa, sua árvore, a Velha Pisadeira está agachada, escolhendo entre os vários tipos de ervas espalhadas pelo chão. Nos galhos grossos dessa castanheira cujo tronco centenário … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Deixe um comentário

Anões

O homem e seu filho atravessam a avenida 9 de Julho. Ele, anão; o filho, não sei com certeza, mas talvez não seja. Menino de uns seis, sete anos, chega perto dos ombros do pai. De mãos dadas, os dois; … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 2 Comentários