Sobre biografias e ganhos

A pequena biografia que escrevi sobre “A Jovem Pagu”, para a Editora Nova Alexandria, em 2007, me proporcionou três momentos bem diferentes.

O primeiro, de prazer ao escrever, inclusive com o apoio de seu filho Kiko, Geraldo Galvão Ferraz, que prontamente respondeu ao curto questionário que lhe enviei logo no começo.

O segundo, de desapontamento: quando, meu original pronto, a família informou à editora que só autorizaria a publicação mediante participação nos direitos autorais. Pensei em desistir, mas acabei optando por não perder meu trabalho. O livro foi publicado e, como era de se esperar, monetariamente, ganhei quase nada; os herdeiros, tampouco.

Mas o terceiro momento foi de fato a minha grande recompensa, quando Laura, minha neta, no auge de sua adolescência, apaixonou-se por Pagu através do meu livro.

capa A jovem Pagu

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Sobre biografias e ganhos

  1. Tereza Hezim disse:

    E ainda tem gente dizendo que escritor ganha dinheiro escrevendo biografias!!!!!! Viva que consegue fazer esse maravilhoso trabalho de preservar a história e eternizá-la. Ganhamos nós!
    Parabéns, minha amiga querida. Bjs Tereza Hezim

  2. laurafraiz disse:

    Ai, que linda, vó!
    Eu amo esse livro mesmo, acho que você conseguiu capturar o espírito dela.
    Amo-te
    Lauuu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s