Arquivo do mês: outubro 2012

Amanhã de manhã

“… está muito certo planejar o que você fará em seis meses, o que fará em um ano, mas não é nada bom você não ter um plano para amanhã.” Palavras que Hilary Mantel põe na boca de Thomas Cromwel … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Deixe um comentário

O júbilo dos botos

Ainda do maravilhoso livro A Espada na Pedra, de T. H.White, um insight interessante para quem convive e escreve para crianças e adolescentes (Wart é o nome do Rei Arthur quando garoto): “Wart não sabia sobre o que Merlin estava … Continuar lendo

Publicado em Trechos de livros | Deixe um comentário

Um conselho do sapientíssimo Merlin

Estive revendo a tradução que fiz, anos atrás, para A Espada na Pedra de T. H. White, o primeiro dos cinco volumes da obra-prima sobre a saga do Rei Arthur: “O único e eterno rei”. Há tempos fora das livrarias … Continuar lendo

Publicado em Trechos de livros | 4 Comentários

O tempo como solvente

“Devia ser óbvio para nós que o tempo não age como um fixador, e sim como um solvente. Mas não é conveniente – não é útil – acreditar nisso; não nos ajuda a tocar nossas vidas; então nós simplesmente ignoramos.” … Continuar lendo

Publicado em Trechos de livros | 2 Comentários

“Isabel do Brasil”: uma Princesa Isabel negra

Me perguntam: “Por que seu monólogo da Princesa Isabel foi feito para uma atriz negra? O que você quis dizer com isso?” Dou uma resposta longa e paciente, mas poderia dizer simplesmente: “Vá ver a peça, que você entende”. Porque … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 1 Comentário