A mente inimiga

Li “Nêmesis”, de Philip Roth.
Fiquei pregada no sofá mas depois tive vontade de sair correndo.
Como o cara pega a gente e nos soca com gosto e fundo.
Recomendo para os fortes.
E aviso: você vai ver como a mente do ser humano é capaz de ser sua pior e terrível inimiga.
O protagonista é “alguém perseguido por um senso de obrigação exacerbado, porém dotado de pouca força mental, o que o fez pagar um alto preço ao atribuir os mais sombrios significados à sua história pessoal.”

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A mente inimiga

  1. Silvana disse:

    Zezé, li Nêmesis na semana passada. P. Roth é demais! Quando a gente acha que ele não vai dar conta de se superar, opa, outro livro incrível! E terrível, como os três últimos (Um Homem Comum, Indignação e Humilhação). Afe, rss… Agora tô me preparando pra começar “Infinitos”, de John Banville, torcendo pra ser tão bom quanto “O Mar”, um dos meus livros inesquecíveis.
    beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s