Um conselho aos “leiturólogos”

Não é meu, mas do poeta e escritor Sergio Vaz :

“Elas (as campanhas de incentivo à leitura) sempre falam da importância dos livros na vida das pessoas e de como eles são sagrados. Acho que deviam justamente fazer o contrário e falar de como as pessoas são importantes na vida do livro, e de como as pessoas são sagradas, e que ler não tem nada a ver com cultura e sim com saúde pública: quem lê enxerga melhor.”

Tirei essa citação da crônica, “Quem lê enxerga melhor”, do seu pequeno grande livro “Literatura, pão e poesia”, publicado pela Global Editora este semestre.

Sergio Vaz é o poeta cada vez melhor,o idealizador do Sarau da Cooperifa (Cooperativa Culutural a Periferia), o “quilombo cultural” do Jardim Guarujá, no Taboão da Serra, Zona sul de São Paulo.
Quem quiser entender a São Paulo de hoje deveria ir conhecer esse sarau que acontece toda quarta-feira e reúne quase 200 pessoas dos bairros por ali, amantes da literatura. Para quem não conhece a periferia, pode ser um pouco difícil chegar, mas vale a pena pois quem vai sai de lá emocionado e repetindo com Sergio Vaz:
“Ô povo lindo, ô povo inteligente”!

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Um conselho aos “leiturólogos”

  1. Izilda Bichara disse:

    Maravilha, Maria José.
    Sergio Vaz é pura sabedoria!
    Beijo,
    Izilda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s