Os crimes da cidade

“O que define uma cidade é a história de seus crimes”, diz Alberto Mussa, e em torno dessa ideia monta um romance delicioso sobre o Rio de Janeiro como só um carioca que ama sua cidade poderia fazer. O título do livro é “O Senhor do Lado Esquerdo”.

Dois pequeninos senões:

– Não entendi por que ele insiste em chamar de novela o que no português de hoje é, sem sombra de dúvida, o que convencionamos chamar de romance.

– E o segundo – embora talvez isso seja mais um problema de leitura, quer dizer, um problema meu como leitora, – é que a estrutura do romance, que vai e volta e é cheio de intercalações, me deixou meio confusa em alguns momentos. Digo que talvez seja um problema meu, de leitora no século XXI, porque é quase impossível nesse mundo contemporâneo, a não ser que você esteja em uma ilha deserta, pegar um romance e passar o dia com ele. A leitura, hoje, supõe inúmeras pausas, e isso, neste caso, me atrapalhou. Mas nada tão grave a ponto de me tirar o prazer de ler o livro ou evitar que eu me encantasse com o ritmo do texto e a sabedoria de seu autor.

Recomendo aos navegantes.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Os crimes da cidade

  1. Silvana disse:

    Engraçado, Zezé, eu estava pensando justamente em escrever um post sobre a dificuldade de ler sem interrupções de todo o tipo — além das pausas obrigatórias, a nossa própria dispersão (a minha, pelo menos) que, às vezes, é tão dificil controlar…
    beijo!

  2. Somos leitoras do século XXI, querida, o que se vai fazer?!!
    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s