Um romance ambicioso

Acabei de ler o romance “Sombras marcadas”, de Kamila Shamsie, a paquistanesa que esteve na Flip.
Admirei a ambição da menina – digo menina pois ela é bem novinha. Seu romance começa com a bomba em Nagasaki e termina nos Estados Unidos pós 11 de setembro, passando pela Índia, Paquistão, Afeganistão, Canadá, trabalhando também com personagens de diversas origens.
Mas o que é sua força é também sua fraqueza.
Kamila não consegue abarcar bem o escopo a que se propõe. Acaba forçando a continuidade da trama com passagens sem chão, deixando seus personagens meio à deriva, sem carne e osso, o sumo capaz de chegar a corações e mentes.
Embora sofram horrores, não me emocionei com nenhum deles, nem memso com a pesonagem principal, a japonesa Hiroko, que leva nas costas uma cicatriz em forma de pássaro, queimada pela bomba de Nagasaki.
Personagens como ela, que tinham tudo para se tornarem marcantes, vão passando como sombras. Não as sombras a que o título se refere. Apenas sombras descoloridas que vão ficando dependuradas entre as páginas.
Falha que considero fatal para um romance.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s