Arquivo do mês: julho 2011

Sexta de Crônicas

Amizade É igual eu falo: cabeça é pra pensar. Se não pensa, dá nisso: besteira. Quanto foi, afinal, que você deu pra ele? Tudo. Tudo? Foi. Tudo que eu tinha no banco. Você é doida? Fiz besteira, não é? E … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Os crimes da cidade

“O que define uma cidade é a história de seus crimes”, diz Alberto Mussa, e em torno dessa ideia monta um romance delicioso sobre o Rio de Janeiro como só um carioca que ama sua cidade poderia fazer. O título … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 2 Comentários

27 de julho

Desde 1980, 27 de julho é um dia muito especial aqui em casa. O dia da Gali, Gali-Gali, Galiana. Que já no primeiro minutinho de vida revelou uma força imprevista no berro e no jeito, e pensei comigo, Essa menina … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | 1 Comentário

Um colosso de anão

Quem não seguiu a série “Game of Thrones”, da HBO, não o conhece. Mas eu, que adorei o ator e seu personagem, entrei nessa campanha, seguindo a Fal de Azevedo:

Publicado em Cotidiano | Deixe um comentário

Não precisava

O aparecimento do “monstro nazista” na Noruega, a morte de Amy Winehouse e seu incomparável talento: o final de semana passado não precisava ter acontecido.

Publicado em Cotidiano | Deixe um comentário

Sexta de crônicas

Os crimes do vizinho Seu Freijó ficou gravado na infância de Maria Rita por dois assassinatos. O primeiro, o tiro que deu no peito de sua cachorra Rainha. Rainha latia muito, latidos que redobravam quando Seu Freijó passava, como se … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | Deixe um comentário

Um romance ambicioso

Acabei de ler o romance “Sombras marcadas”, de Kamila Shamsie, a paquistanesa que esteve na Flip. Admirei a ambição da menina – digo menina pois ela é bem novinha. Seu romance começa com a bomba em Nagasaki e termina nos … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano | Deixe um comentário