Certas dificuldades

Continuando nosso périplo cultural do final de semana, fomos Gali-Gali e eu à exposição do Leonilson, “Sob o peso dos meus amores”, no Itaú Cultural.
Leonílson é artista famoso e muito querido, merecidamente. Irreverente, imaginativo, aquele tipo de artista que faz da arte quase uma brincadeira. Se não tivesse morrido tão cedo, estaria por aí brilhando.
Mas duas garotas peruazinhas ao meu lado em um momento comentavam: “Isso é arte?” “Essa sacolinha?” “Esse vestidinho bordado?” “Um travesseiro, você viu?!”, “Emendar três panos assim, não acredito!!”
Pois acreditem, queridas, arte também é isso. A maneira de ver os objetos de nosso entorno dessa forma tão inesperada que tanto surpreendeu vocês.
Acreditem e aprendam a “ver” o que Leonílson fez, ou será que é mesmo muito difícil para quem não aceita o novo e diferente?

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s