Sem regras

Li o livro de Francine Prose, “Para ler como um escritor – um guia para quem gosta de livros e para quem quer escrevê-los”.
No começo, não gostei muito, e achei que um escritor iniciante poderia se sentir aterrorizado com o método do “close reading” – leitura atenta – que ela propõe em suas oficinas literárias. Aos poucos, no entanto, fui achando seu raciocínio interessante e acabei gostando bastante.
Recomendo para os interessados no assunto.
Agora, do que mais gostei mesmo e pra mim valeu o livro, foi do penúltimo capítulo, o décimo, “Aprender com Tchekhov”, onde ela conta como sua leitura dos contos de Tchekhov foi simplesmente desmontando todas as regras que estava tentando passar a seus alunos. O que a fez chegar à feliz conclusão de que simplesmente não existem regras. Uma escritora ou escritor pode fazer exatamente o contrário de tudo que já foi dito e feito antes. Até deveria, caso seja capaz.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s