Uma nota de luto

WHEN I’M SIXTY-FOUR
“Will you still feed me
Will you still need me
When I’m sixty-four” (Paul McCartney)

Hoje, 28 de março, Honestino Guimarães, aluno da UnB, líder estudantil, militante contra a Ditadura, assassinado e “desaparecido” pela repressão, faria sessenta e quatro anos.

Era também a época em que escutávamos os Beatles.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s