Comparação muy pertinente

Do personagem que é um físico prêmio Nobel, do novo romance de Ian McEwan, “Solar”:

“Quando o avião enfim resolveu aterrissar e, fazendo uma curva apertada, iniciou a descida ao norte do Tâmisa, ele se perguntou se e quando começaríamos a aceitar algumas limitações. Daquela altitude, nós nos assemelhávamos a liquens que se espalhavam sem cessar, a uma floração devastadora de algas, ao bolor que envolvia uma fruta macia – éramos um sucesso fenomenal! Páreo duro com os esporos!”

Anúncios
Esse post foi publicado em Trechos de livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s