O inferno dos livros

Muita gente acha cruel a ideia de um “picador de livros” – os livros que são picados depois de certo tempo no depósito das editoras. Mas eu não tenho uma posição muito clara sobre isso.

Não há nada mais aterrador do que o depósito de livros não-vendidos de uma editora: milhares de alminhas empilhadas, pegando poeira, secando amarelas. Livros ruins, livros medíocres, livros bons, livros ótimos. Livros que simplesmente não conseguiram encontrar seu leitor. Todos juntos.

Poderiam estar nas bibliotecas? Deveriam. Mas não estão. Estão ali. Onde ninguém os quer.

Quando eu era editora, eles me partiam o coração. Nossa saída era vendê-los a preço de banana madura para os distribuidores de livros porta-a-porta. Mas nem eles queriam todos.

E entre deixá-los em suas altas e empoeiradas e lúgubres pilhas ou mandá-los para o picador, eu, que sempre fui meio avestruz, fazia meu buraco no chão e saía cabisbaixa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

2 respostas para O inferno dos livros

  1. Esses livros teriam muito mais utilidade se fossem doados para bibliotecas comunitárias. Existem ONGs que levam livros a quem não tem acesso que ficariam super felizes de receber essas “alminhas” desamparadas. Será que não existe um meio de fazer isso acontecer?

    • Eles seriam muito mais úteis mesmo, Rosana. Tem um projeto muito bacana do Felipe Lindoso tentando dar, não digo uma solução mas pelo menos uma encaminhada nisso, só que depende de uma política pública para o setor que ainda não se conscientizou da necessidade disso. Quem sabe uma hora dessas a coisa acontece?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s