Surto urbano

Pôxa, cara, tô tentando falar com você há horas. Tava ficando louca aqui tentando te ligar e nada! Fiquei tentando um monte.

Como é?? Fala mais alto. O que é que eu queria? Pôxa, cara, eu aqui ficando doida, tentando falar com você e é isso que você diz? Faz horas, cara. Horas!

Falar logo em vez de reclamar?! Claro, não foi você que ficou que nem uma idiota no meio da rua, com o celular pendurado no ouvido, só ligando, ligando, mil vezes ligando, e…

O que que eu tô falando?? Pôxa, cara, tô falando que fiquei tentando ligar um monte pra você e meu dedo já estava inchado e eu só ouvindo o sinalzinho tumtumtum, e a besta aqui que nem uma idiota, precisando falar com você e voltando a ligar outra vez e outra vez e……

Então fala logo?!! É assim que você me trata?! Depois de me deixar aqui que nem louca tentando falar com você há horas?

Como assim, cara? Pôxa, cara há um tempão que…

Desembucha? Que grosseria!! Depois de todo esse tempo que nem uma palhaça, ligando e ligando sem parar e com cara de tacha, e é isso que você diz, desembucha?! Desembucha, cara?! Ficou maluco? É assim que você me trata?!

Quê? Por que é que eu estava ligando?! Por que é que eu estava ligando pra você, taí uma boa pergunta! Por que será, hein? Que assunto será esse tão importante, é isso que você quer dizer? Que assunto pode ser tão importante pra me deixar assim, telefonando que nem uma doida? Claro, nenhum assunto meu pode ser tão importante, eu tinha me esquecido, desculpa. Imagina só, claro! Por que eu iria ficar que nem louca no meio da rua tentando falar com você? Por nada, certamente. Por que não podia esperar numa boa, não é? Que assunto pode ser tão importante assim, não é? Nenhum, claro. Eu não tenho nenhum assunto importante pra tratar com você, é evidente. Aliás, o que foi mesmo de importante que alguma vez eu já tratei com você, não é? Nada, é claro. Eu jamais poderia ter alguma coisa de importante pra tratar com você, e muito menos pra ficar ligando como uma doida no meio da rua. Pra ficar telefonando desse jeito, claro, como fui me esquecer.! Aliás, por que é mesmo que eu estou telefonando pra você? Por nada, claro. Eu aqui fazendo papel de palhaça por na…

O que era que eu queria te falar? Nada, cara. Eu não queria te falar NADA! Taí uma coisa que você jamais vai ficar sabendo. O que eu queria te falar. Jamais, entendeu? JAMAIS. Tchau!

Anúncios
Esse post foi publicado em Cotidiano. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s